Modelos de Vida

 

Franklin Delano Roosevelt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

Franklin Delano Roosevelt
32º presidente dos Estados Unidos Estados Unidos
Mandato 4 de Março de 1933
12 de Abril de 1945
Vice-presidente John N. Garner (19331941)
Henry A. Wallace(19411945)
Harry S. Truman (1945)
Antecessor(a) Herbert Hoover
Sucessor(a) Harry S. Truman
Governador de Nova Iorque Flag of New York.svg
Mandato 1º de janeiro de 1929
31 de dezembro de 1932
Antecessor(a) Al Smith
Sucessor(a) Herbert H. Lehman
Vida
Nascimento 30 de janeiro de 1882
Hyde ParkNova Iorque
Falecimento 12 de abril de 1945 (63 anos)
Warm SpringsGeórgia
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Partido DemDonkey.png Democrata
Religião Igreja Episcopal
Profissão Advogado
Assinatura Assinatura de Franklin Delano Roosevelt
 

 

Franklin Delano Roosevelt (Hyde Park30 de janeiro de 1882 — Warm Springs12 de abril de 1945) foi o 32.° presidente dos Estados Unidos (1933-1945), realizou quatro mandatos e morreu durante o último. Do Partido Democrata, foi o primeiro presidente a conseguir mais de dois mandatos, e será o único devido à 22.ª emenda. Durante sua estada na Casa Branca, teve de enfrentar o período da Grande Depressão e a Segunda Guerra Mundial. Em 1939, foi o primeiro presidente dos Estados Unidos a aparecer natelevisão, mesmo ela tendo sido inventada durante o período de Calvin Coolidge no cargo.

 

 

René Descartes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

René Descartes
Filosofia do século XVII
Frans Hals - Portret van René Descartes.jpg
Nome completo René Descartes
Escola/Tradição: Cartesianismoracionalismo,fundacionalismo
Data de nascimento: 31 de março de 1596
* Local: La Haye en Touraine (atualmente Descartes), Indre-et-LoireFrançaFlag of France.svg
Data de falecimento 11 de fevereiro de 1650 (53 anos)
* Local: EstocolmoSuécia
Principais interesses: MetafísicaEpistemologia,MatemáticaCiência
Trabalhos notáveis: Cogito ergo sumdualismo cartesianodúvida metódica,sistema de coordenadas cartesianoargumento ontológico para a existência de Deus, considerado o fundador daFilosofia Moderna
Influênciado por: PlatãoPitagoras,Aristóteles,Sexto EmpíricoPirroAgostinho,AquinoAnselmoOckham,Francisco SanchesSuárez,ScotusMersenneMontaigne
Influências: LeibnizSpinozaMalenbranche,ArnauldPascalLockeKant,Husserl

 

René Descartes (La Haye en Touraine31 de março de 1596 – Estocolmo11 de fevereiro de 1650[1]) foi um filósofofísico ematemático francês.[1] Durante a Idade Moderna também era conhecido por seu nome latino Renatus Cartesius.

Notabilizou-se sobretudo por seu trabalho revolucionário na filosofia e na ciência, mas também obteve reconhecimentomatemático por sugerir a fusão da álgebra com a geometria - fato que gerou a geometria analítica e o sistema de coordenadas que hoje leva o seu nome. Por fim, ele foi uma das figuras-chave na Revolução Científica.

Descartes, por vezes chamado de "o fundador da filosofia moderna" e o "pai da matemática moderna", é considerado um dospensadores mais importantes e influentes da História do Pensamento Ocidental. Inspirou contemporâneos e várias gerações de filósofos posteriores; boa parte da filosofia escrita a partir de então foi uma reação às suas obras ou a autores supostamente influenciados por ele. Muitos especialistas afirmam que a partir de Descartes inaugurou-se o racionalismo daIdade Moderna. Décadas mais tarde, surgiria nas Ilhas Britânicas um movimento filosófico que, de certa forma, seria o seu oposto - o empirismo, com John Locke e David Hume.

 

Isabel Jonet

 

 

Ativista portuguesa contra a pobreza, Maria Isabel Jonet nasceu em 1960. Licenciada em economia, começou por trabalhar numa seguradora, mas quando o marido foi trabalhar para Bruxelas,na Bélgica, Isabel Jonet acompanhou-o e passou a desempenhar as funções de tradutora na União Europeia.
Em 1994, regressou a Portugal e deixou de trabalhar para poder acompanhar melhor o crescimento e a educação dos filhos. Como ficou com mais tempo livre resolveu, nesse mesmo ano,entrar como voluntária no Banco Alimentar Contra a Fome, uma instituição que angaria alimentos para distribuir pelas pessoas necessitadas. Ao fim de algum tempo, assumia a presidência dainstituição, que ao fim de dez anos de atividade já tinha cerca de dez mil voluntários a colaborar e prestava apoio a cerca de 200 mil pessoas necessitadas.
O trabalho de Isabel Jonet foi reconhecido pela Assembleia da República de Portugal, que em 2005 lhe entregou o prémio Direitos Humanos 2005. Isabel Jonet havia sido antes distinguida pelarevista feminina Ativa com o prémio Mulher Ativa 2000.

Como referenciar este artigo:

Isabel Jonet. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-10-31].
Disponível na www: .