Missão

"O Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português promove a capacidade dos jovens, contribuindo para a sua autonomia e para o protagonismo do seu próprio desenvolvimento, enquanto membros ativos da sociedade, tornando-os pessoas realizadas e agentes de transformação social.

A marca identitária do CNE, como associação católica, reforça o sentido da responsabilidade individual de cada escuteiro e rasga os caminhos da esperança e da felicidade que perseguimos, inspiradospelos valores do Evangelho".

Capacitamos para a Vida:
Autonomia
Criatividade
Empreendedorismo
Liderança
Espírito de Equipa
Responsabilidade
Sentido de Serviço
Cidadania ativa
Participação
Consciência global
Valores
Compromisso

 

A Missão do Escutismo consiste em contribuir para a educação dos Jovens, partindo de um sistema e valores enunciados na Lei e na Promessa escutistas, ajudando a construir um mundo melhor, em que as pessoas se sintam plenamente realizadas como indivíduos e desempenhem um papel construtivo na sociedade.

Isto é alcançado:

  • Envolvendo os Jovens, ao longo dos seus anos de formação, num processo de educação não-formal;
  • Utilizando um Método Original, segundo o qual cada indivíduo é o principal agente do seu próprio desenvolvimento, para se tornar uma pessoa autónoma, solidária, responsável e comprometida;
  • Ajudando os Jovens na definição de um Sistema de Valores baseado em princípios espirituais, sociais e pessoais expressos na Promessa e na Lei.

 

Educamos para quê?:

O CNE ajuda Jovens a crescer

… para se tornar consciente do SER;
  • Uma pessoa responsável, autónoma e perseverante; justa, leal e honesta
  • Uma pessoa criativa e ousada face aos desafios e que cultiva o espírito crítico de modo a distinguir o essencial
  • Uma pessoa alegre, sensível e compreensiva, consciente de si própria, das suas limitações e potencialidades
  • Uma pessoa solidária e fraterna, que promove o respeito e a tolerância na sua relação com os outros
  • Uma pessoa que assume integralmente o seu compromisso cristão como opção de vida
  • Uma pessoa que respeita o seu corpo como manifestação de vida e com ele se relaciona de forma equilibrada
… para se tornar detentor do SABER;
  • Uma pessoa que reconhece as suas imperfeições e as procura superar de uma forma constante
  • Uma pessoa que busca sempre mais e usa esses conhecimentos para fundamentar as suas decisões, expressando adequadamente as suas ideias
  • Uma pessoa que valoriza as suas emoçõpes e afectos, vivendo-os em equilíbrio
  • Uma pessoa atenta ao Mundo, no qual identifica o seu papel, valorizando o trabalho em equipa
  • Uma pessoa que procura aprofundar sempre o seu esclarecimento na Fé
  • Uma pessoa que conhece as capacidades e limites do seu corpo, reconhecendo as ameaças ao mesmo
… para se tornar preparado para AGIR;
  • Uma pessoa que, comprometendo-se, age de acordo com as suas opções, respeitando os outros e o mundo
  • Uma pessoa empreendedora, activa no desenvolvimento de iniciativas e que cuida da sua própria formação
  • Uma pessoa que cultiva amizades e que vive o amor de uma forma plena, dando disso testemunho em família
  • Uma pessoa que assume o seu papel na comunidade, exercendo a cidadania de uma forma participativa e generosa
  • Uma pessoa que evangeliza pelo testemunho e pela partilha, no respeito pelas convicções dos outros, contribuindo assim para a construção da paz
  • Uma pessoa que, reconhecendo o seu corpo como meio para transformar o Mundo, cuida dele em harmonia com o ambiente.

O CNE ajuda Jovens a crescer…

… para que com o SER, SABER e AGIR se tornem homens e mulheres responsáveis e membros activos de comunidades, na construção de um mundo melhor.


Finalidades Educativas

  • Desenvolvimento do Carácter:

- Responsabilidade
- Autonomia
- Coerência

  • Desenvolvimento Afectivo:

- Equilíbrio Emocional
- Relacionamento e Sensibilidade
- Auto-Estima

  • Desenvolvimento Espiritual:

- Descoberta
- Aprofundamento
- Serviço

  • Desenvolvimento Físico:

- Desempenho
- Auto-conhecimento
- Bem estar físico

  • Desenvolvimento Intelectual:

- Resolução de problemas
- Procura do conhecimento
- Criatividade e Expressão

  • Desenvolvimento Social:

- Exercer activamente cidadania
- Solidariedade e tolerância
- Interacção e cooperação.